sábado, janeiro 21, 2006

dá-lhe ordem alfabética

porque ela de fato é um troço massa. Acabei de passar na livraria cultura e descobri que por esses desmandos do acaso o "Amaral, Olavo" fica imediatamente depois do "Amado, Jorge" na sessão de literatura brasileira. E, porra, se meio por cento do público do cara respingar em mim depois de folhear os livros dele, acho que já dá pra morrer em paz.

Um comentário:

Nina disse...

estás em boa companhia, hein?

beijo!