sexta-feira, novembro 02, 2012

e já que o assunto é competição...

só pra constar, "Correnteza e Escombros" é um dos finalistas do Prêmio Açorianos de Literatura de 2012 na categoria conto, junto com "Enquanto Água", de Altair Martins, e "A Árvore que Falava Aramaico", de José Francisco Botelho. Prezo muito a companhia.

5 comentários:

José Francisco Botelho disse...

Também prezo a companhia, compadre.

José Francisco Botelho disse...

Aliás, pega meu contato aí: jfranciscobotelho@yahoo.com.br

Olavo Amaral disse...

uau, isso é que uma resposta rápida.
não li o teu livro ainda, mas ouvi boas referências ontem. Onde eu arranjo um pra ler?

José Francisco Botelho disse...

Pois, depende, estás em Porto Alegre? Nesse caso, ainda tem pra vender no Margs. Se não, pelo site da editorahttp://www.editorazouk.com.br/editora-asterisco/arvore-que-falava-aramaico-de-jose-francisco-botelho.html Ou então, me encontrando em Poa na sexta-feira, que eu te dou um de presente.
Também ouvi falar muito bem do teu livro. Já encomendei.
Abração!

Olavo Amaral disse...

Tinha no MARGS sim. Já comprei e tô andando com ele no bolso. Lerei em breve.