sábado, janeiro 19, 2013

janeiro

o espaço em volta reluz como um gramado seco demais, refletindo o sol ainda tímido da manhã. Quieto, eu apenas aguardo o momento da primeira faísca, depois da qual tudo o mais será incêndio.

2 comentários:

Neyde disse...

Porra, meu!
Tu está levando cada vez mais a sério o preguiçosamente...
Ou a vida não tá deixando tempo livre pra mais nada?

Olavo Amaral disse...

não, só tava quieto mesmo. Bem como eu tinha dito.
aliás, retrospectivamente esse post virou um trocadilho profético pra lá de sem graça.